fbpx
  • França,  França,  Viajar para

    O lado sombrio de viver no exterior: niguém fala, mas ele existe.

    Eu sempre fui reconhecida como uma pessoa otimista. E, com razão. Se não fosse por esta característica, eu não teria chegado até aqui. Para alguém que nasceu e cresceu numa cidade minúscula do interior da Bahia, com menos de 32,000 mil habitantes, onde minhas amigas mais próximas engravidaram aos 14 anos. Não é de surpreender que ninguém acreditasse, quando eu e minha irmã falava em voz alta que um dia viveríamos no exterior — até minha própria família dava gargalhadas de nosso projeto de vida ambicioso. Contudo, não foi somente o meu otimismo que me trouxe até aqui, me impedindo de seguir o mesmo destino das minhas amigas de infância.…